NA ESQUINA DO CAIS COM CLAUDIO XÊPA - Cabralia Noticia
Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

NA ESQUINA DO CAIS COM CLAUDIO XÊPA

por Cláudio Xêpa

Eu sempre chamo atenção para o papel fundamental desempenhado pelas comunidades pesqueiras, que são, muitas vezes, o coração pulsante de regiões costeiras do litoral brasileiro, fornecendo uma riqueza econômica, cultura e ambiental que não pode ser subestimado.

Nos últimos dias fui questionado acerca da função socioeconômica das comunidades pesqueiras, então senti a necessidade de, através deste artigo, destacar o papel crucial na economia local, pois, ao que me parece, nunca é um tema que pode ser considerado repetitivo, pois precisamos a todo o momento evidenciar tais fatos, mesmo que de forma breve.

“A herança cultural das populações litorâneas está diretamente ligada à pesca.”

Preciso iniciar reforçando que os pescadores não apenas fornecem alimento para as populações locais, mas também geram emprego de diversas formas, desde o beneficiamento, comercialização e até mesmo turismo relacionado à pesca. Essas atividades sustentam muitas famílias e contribuem para o desenvolvimento econômico das áreas costeiras. Além disso, as comunidades pesqueiras são guardiãs da cultura e das tradições locais. A herança cultural das populações litorâneas está diretamente ligada à pesca.

As festas, músicas, danças e histórias de pescadores criam o elo de identidade dessas comunidades e preservam essas tradições, que são indispensáveis para manter viva a rica diversidade cultural de um povo.

E não podemos esquecer da proteção do ambiente marinho, pois, a pesca artesanal tem interesse e precisa da manutenção de um território marinho saudável. Assim, as comunidades pesqueiras desempenham um papel ativo na promoção da pesca sustentável e na luta contra a pesca predatória.

Como sabemos, o assunto é ainda mais extenso, mas, mesmo que neste espaço apenas consiga pontuar os principais aspectos dessa realidade, ressalto, mais uma vez, a responsabilidade na valorização e apoio a essas comunidades, pois o bem-estar de nossas cidades costeiras, especialmente da cidade de Santa Cruz Cabrália, e à saúde de nossos mares estão intimamente ligados a preservação e o fortalecimento das comunidades pesqueiras, que são essenciais para um futuro sustentável nas regiões litorâneas do Brasil.

Sigo então chamando atenção da necessidade do respeito às demandas dessa comunidade e aguardo vocês na próxima conversa na esquina do cais…